24 de Agosto de 2005

    O valor máximo da resistência terra de um eléctrodo terra será calculado em função de:
- A tensão máxima admissivel nas massas sob defeito
- O valor da Corrente de fuga que circulará em caso de defeito, que será limitado pela sensibilidade do dispositivo diferencial.

    No art.º 598.º do Regulamento de Segurança de Instalações de Utilização de Energia Eléctrica (R.S.I.U.E.E.) prevê o seguinte:

Art.º 598 - Protecção contra contactos indirectos.
1.
Nas instalações deverão ser tomadas medidas de protecção contra contactos indirectos por forma a não se manter, em qualquer massa ou elemento condutor estranho à instalação eléctrica, uma tensão de contacto superior aos valores seguintes:
a) Se a instalação, ou parte da instalação, for prevista para alimentar apenas aparelhos de utilização fixos ou móveis que não possuam massas susceptíveis de serem empunhadas: 50 V;
b) Se a instalação, ou parte da instalação, for prevista para alimentar aparelhos de utilização fixos ou móveis que possuam massas susceptíveis de serem empunhadas ou aparelhos de utilização portáteis com massas acessíveis: 25 V;
(...)

Exemplo de calculo:
Considerando uma instalação com as caracteristicas descritas na alinea a) do art.º 598 do R.S.I.U.E.E., sendo a tensão máxima admissivel de 25 V e escolhendo um aparelho diferencial de 300 mA, então pela lei de Ohm temos:

Rt=UL/Id <=> Rt=25/0,3=83,3 Ohm

Rt -> Resistência terra máxima (Ohm)
UL -> Tensão máxima admissivel nas massas sob defeito (V)
Id -> Sensibilidade do aparelho diferencial (A)

A tabela abaixo indica o valor máximo da resistência Terra em função da sensibilidade do diferencial utilizado e da tensão máxima admissível na massa sob defeito.

Bibliografia:
R.S.I.U.E.E. / Guia de Protecção da Legrand / Regras Técnicas

 Valores maximos de Terras.JPG

publicado por Pedro Faim às 23:46

Fraga da Pena-3.JPG
publicado por Pedro Faim às 02:48

Fraga da Pena-2.JPG
publicado por Pedro Faim às 02:47

Fraga da Pena-1.JPG

   Fraga da Pena encanta com a sua beleza, caminhando pelos estreitos estrilhos ouve-se o tilintar da água gélida a correr pelas cascatas, num lugar único, onde a pureza reina!

Visite também o Piodão e Mata da Margaraça! 

 Mais informação em: Lifecooler

 Como chegar: Pela A1 sair na saída de Coimbra Norte, seguir pela IP3 em direcção a Viseu. Depois sair para a IC7 em direcção a Silveirinho. No final da IC7 seguir pela N17 até Gandara   Espariz. No final de Gandara de Espariz, virar a direita em direcção a Coja. Dentro de Coja encontram-se placas a indicar Fraga da Pena.

publicado por Pedro Faim às 02:40

21 de Agosto de 2005
002 - Niveis Tensao - Norma CEI 38.JPG

Com entrada em vigor da Norma CEI 38 após 2003, em Portugal a tensão nominal das redes de distribuição pública é de 230/400V com as tolerâncias de -10% e +6%, devendo todos os aparelhos eléctricos estarem preparados para funcionarem sem problemas para estes níveis de Tensão.

A Tensão Simples é de 230 V, com variações entre os -10% (207V) e os +6% (243,8V).

A tensão composta (Trifásica) é de aproximadamente de 400 V (398,37), com variações entre os -10% (358,53V) e os +6% (422,27V).

publicado por Pedro Faim às 20:18

15 de Agosto de 2005

Depois de muitos testes, a 15 Agosto de 2005, pelas 22H45M, nasce o Blog "FAIM Eléctrico" - http://faimelectrico.blogs.sapo.pt.

Este Blog pessoal, nasce no intuito de ter um espaço pessoal de partilha e divulgação de todo o tipo de informação, sendo previligiada a informação na área da electricidade!

Obrigado pela visita,

Pedro Faim

publicado por Pedro Faim às 22:46

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

22
23
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO